Receba as atualizações, novidades, lançamentos, dicas, artigos e muito mais! Inscreva seu e-mail:

12/12/2011

“O que se vê fora é conseqüência do que se tem dentro”...

Com o excesso de peso é comum o desencadeamento de problemas psicológicos, principalmente no tocante à autoestima. Contudo, é possível que a obesidade seja um sintoma de pensamentos, emoções e comportamentos disfuncionais. Por isso, além do endocrinologista, nutricionista e educador físico, é necessário um trabalho psicológico, onde serão trabalhadas as crenças distorcidas da pessoa em relação a si, à alimentação e demais situações que fazem parte de sua vida. 

Aprender a identificar pensamentos sabotadores e fazer reestruturação cognitiva dos mesmos, bem como desenvolver habilidades em resolução de problemas acarretará em melhora das emoções e mudanças comportamentais, consequentemente: EMAGRECIMENTO!

Abraços,


Psicóloga Clínica Carla Presutti

“Não faça dieta. Mude hábitos!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça parte do Emagrecendo Com A Cabeça. Siga-nos!