Receba as atualizações, novidades, lançamentos, dicas, artigos e muito mais! Inscreva seu e-mail:

11/05/2012

Dicas de motivação para emagrecer

Como a pessoa pode estar sempre motivada para agir em seu benefício e das pessoas que a cercam? Como superar as dificuldades próprias da vida?

A resposta é bem conhecida: a pessoa deve estar preparada para transpor os obstáculos e conquistar os seus objetivos.


Essa resposta parece simples, mas na verdade não é. Há inúmeros fatores intelectuais e emocionais que influenciam a motivação e que impulsionam ou não a pessoa a agir adequadamente a seu favor.

1- A maneira como cada indivíduo lida com suas emoções dificulta ou favorece a sua capacidade de pensar, de superar os seus problemas e de alcançar os seus objetivos. A imagem que cada um tem de si mesmo regula a energia interior necessária para as ações.

Quando alguém se considera incapaz de fazer algo, fica muito difícil fazê-lo. Muitas pessoas desanimam facilmente, pois o desânimo tem grande poder de sedução e o derrotismo e o vitimismo podem ser tentadores.

2- Durante a vida fazemos nossas escolhas e cometemos erros e acertos. Quanto mais escolhas fizermos e nos responsabilizarmos por elas, mais capacitados ficaremos para agir corretamente. Quanto mais culparmos os outros por nossas escolhas erradas, menos autônomos e mais dependentes seremos. Manter vínculos com pessoas capazes de dar apoio e estímulo para novas conquistas pode ajudar na superação dos problemas, mas não se deve esperar que façam o papel de tábua de salvação. Cada pessoa deve encontrar a melhor solução para si mesma. O autoconhecimento é a base para qualquer mudança de vida e muitas vezes a ajuda de um psicólogo pode facilitar esse processo.

3- A psicologia tomou emprestado da física o conceito de resiliência, que é a capacidade de um material resistir a impactos sem quebrar, para explicar a capacidade que algumas pessoas possuem de lidar com problemas e impulsionar sua vida quando confrontadas com adversidades. As pessoas que superam as próprias fraquezas e buscam forças para atingir seus objetivos constituem um exemplo de alta resiliência.

Toda tentativa de mudança pode produzir insegurança, medo e desejo de manter a rotina já estabelecida. Não adianta a pessoa reclamar do destino, ao invés de tentar mudar e começar algo novo. Se nada for feito, a tendência é de maior agravamento dos problemas dia após dia, podendo surgir sintomas de angústia, depressão, úlcera, labirintite e outros distúrbios psicossomáticos.

4- Por que muitas pessoas obesas ou com sobrepeso têm tanta dificuldade em perder peso? Porque provavelmente repetem práticas comportamentais e emocionais que dificultam o emagrecimento. De forma simplificada, podemos dizer que essas pessoas ficam presas num círculo vicioso que as impede de atingir seus objetivos. Por isso é importante reagir, começar agora a mudar a situação indesejada: estudar, trabalhar, cuidar da saúde, estabelecer relações prazerosas, adquirir novos hábitos de vida, organizar-se.

Para liberar a energia necessária para a realização de um objetivo, a verdadeira motivação deve ter origem numa necessidade interior, vinda da própria pessoa. A tentativa de realizar expectativas ou sonhos alheios não funciona. Só é possível comprometer-se com objetivos se eles forem pessoalmente desejados.

5- O emagrecimento duradouro não combina com alimentação sem prazer ou com guerras diárias contra o desejo e a gula. Por isso, a perda de peso ou a manutenção do peso desejado é acima de tudo um processo contínuo, através do qual a pessoa incorpora hábitos saudáveis progressivamente, os quais deverão ser mantidos de forma consciente e prazerosa.

Todos os que estão sem motivação para adotar um estilo de vida mais saudável, devem parar para pensar e reconhecer que a reeducação alimentar e a rotina de exercícios físicos são escolhas que trarão grande bem-estar físico e mental. Ao sentir os benefícios da mudança de comportamento, farão a si mesmos a pergunta: como eu podia viver daquela forma?

Fonte: http://cyberdiet.terra.com.br/dicas-de-motivacao-para-emagrecer-7-1-6-697.html (08/08/2004)
 
 
“Não faça dieta. Mude hábitos!”

Junte-se à nós do grupo de emagrecimento EMAGRECENDO COM A CABEÇA 

9 comentários:

  1. ótimo post! Acredito que isso vale para tudo na vida, e um bom exemplo também são aqueles viciados em drogas que não as largam mesmo com internação e tratamentos. A vontade tem que vir da pessoa!

    boa sexta-feira! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sexta-feira pra vc também Thais! Obrigada por visitar o blog! Sucesso sempre!!!

      Excluir
  2. Adorei seu post, por mais que tenhamos ajuda externa, a maior ajuda vem de nós mesmas, o nosso querer tem que ser mais forte que tudo..

    ResponderExcluir
  3. Oi Andréa! Realmente, as ferramentas estão dentro de nós! Bom fim de semana e obrigada por fazer parte deste blog! Beijos...

    ResponderExcluir
  4. Carlinha, seus posts estão cada vez melhores. Faz muito sentido tudo isso. Obs.: Não tenho costume de comentar nos blogs, mas sempre venho aqui prestigiar, viu? Amei os posts que fez sobre autoestima. Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cintia! Fico muito feliz e agradecida pelo seu prestígio. Gosto demais do meu trabalho nesta área em emagrecimento e desejo de coração despertar a consciência de que o foco precisa estar em primeiro lugar nas mudanças internas, e que emagrecer seja a consequência natural destas mudanças (cognitivas, emocionais e comportamentais)... Beijo no seu coração e és muito bem vinda nesta página! Bjo bjo...

      Excluir
  5. Show, Carla!
    Post p/ ser lido de quando em quando!
    Mais claro impossível.
    Tb acho que tem q ser visto com prazer este processo todo e não como um martírio...rs
    beijos e obrigada por compartilhar tanto do seu trabalho conosco!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente de ver que as matérias do blog estão sendo úteis Anne. Você é sempre bem vinda aqui! Beijos

      Excluir
  6. Eu sinto que a força vem na hora certa! A 6 meses me mantenho firme no meu objetivo, ja perdi 25kg ( faltam so mais 3kg ) o que foi uma grande conquista, mas nem sempre foi assim, fracassei muitas vezes antes, e era muito frustrante toda vez ! Mas qdo realmente disse CHEGA foi forte e pra valer ! Foi com a formula secreta, reeducação alimenta e exercicio fisico... nunca me senti tão bem, ativa, saudável e feliz!

    Sim ... EMAGRECENDO COM A CABEÇA
    SIM ... NÃO FAÇA DIETA MUDE HABITOS
    E SIM ... me pergunto, como eu podia viver daquela maneira?!

    Muito bom esse blog!!

    ResponderExcluir

Faça parte do Emagrecendo Com A Cabeça. Siga-nos!