Receba as atualizações, novidades, lançamentos, dicas, artigos e muito mais! Inscreva seu e-mail:

19/05/2012

Não existe ex-gorda!


Você emagreceu! Fez dieta, exercícios, seu peso baixou e você comemora a nova silueta! Fim de problema! Você está curada!

Ledo engano! Uma coisa é emagrecer, outra é curar a obesidade, o sobrepeso.  Lembre-se, você pode tratar a obesidade, mas não, ao menos por enquanto, curá-la. Você não será magra, ESTARÁ MAGRA se e enquanto adotar um estilo de vida magro. Isso quer dizer, nutrição adequada, atividade física, EQUILIBRIO EMOCIONAL. Não se esqueça que os fatores subjacentes estão lá! Prontos para entrar em ação e fazê-la voltar ao antigo e desagradável peso, se você não estiver atenta.




Um projeto de emagrecimento deve ter como objetivo emagrecer e permanecer magra. Manter-se magra é muito mais complexo que emagrecer. 

Requer motivação, comprometimento, tolerância à frustração para o resto da vida. Você não pode esperar se comportar como antes e não engordar de novo.  Sua cabeça deverá ter mudado. Se você comia para expressar indevidamente suas emoções, fossem quais fossem, essas emoções deverão ter encontrado sua expressão adequada. O peso muda mais depressa que a cabeça, mas, se a cabeça não mudar, o novo peso não será mantido. Você terá de pensar e se comportar magro, se quiser usufruir seu novo corpo para o resto de sua vida.

Procure metas realistas. Dentro de um peso clínico saudável, procure, por que não, um peso estético que lhe agrade. Talvez aquele com o qual se sentiria bem de biquíni.  Sabemos que, por razões culturais, cada vez mais o peso estético se afasta do peso clínico, para menos, claro. O peso escolhido deverá ser viável. Qual o peso legal que lhe permite ser saudável, sentir-se bonita e que seja sustentável? Quanto mais baixo o peso, maior a dificuldade em mantê-lo. Você está emagrecendo por você? Tem algum benefício inconsciente permanecendo gorda? Está psicologicamente preparada para estar magra? Perceba que emagrecer é muito mais do que fazer mais uma dieta para perder algum peso por algum tempo. Envolve mudanças radicais de estilo de vida, de comportamento e, principalmente, equilíbrio emocional.

Não se esqueça, NÃO EXISTE EX GORDA! Mas, sim, a GORDA EMAGRECIDA. Você não será magra. Estará magra se e enquanto mantiver um estilo de vida magro.




Fonte: Dr. Marco Antonio De Tommaso (Psicólogo e psicoterapeuta pela Universidade de São Paulo)
 

“Não faça dieta. Mude hábitos!”

19 comentários:

  1. Perfeito comentário. Perfeito!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Tenho mesmo k mudar de habitos!Pois o facto de andar um dia inteiro sem comer,por vezes dias sem uma refeicao decente,vivo de cafe.levam me a engordar,nao sei como mas engordo...E estes 3kg a mais sao como toneladas em cima de mim.!!!mexendo ate a nivel psicologico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comece hoje sua mudança Anna! Comece mesmo pela cabeça e aos poucos você verá diferença no corpo. Obrigada por fazer parte do blog! Beijos e força sempre!

      Excluir
  3. Nossa, perfeito! É isso mesmo! O meu maior medo é como me comportarei quando chegar nessa hora, mas, desde já, estou colocando na minha cabeça que a reeducação alimentar é para sempre!

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Thaís, precisamos exercitar todos os dias os bons hábitos, assim como se exercita um músculo. Se o treino for interrompido, os antigos resultados voltam... Mas não desanime, vc é capaz. Beijos e sucesso!

      Excluir
  4. Adorei o postagem super interessante...
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita Bell@! Boa semana light pra ti!

      Excluir
  5. E Bota Persistência nisso, minha vida toda lutei contra a balança, do começo do ano pra cá emagreci 8 quilos mas foi só passar por uma pressão gigantesca com trabalhos, estágio e provas na faculdade que la se foram 2 quilos a mais em duas semanas, não existe ex-gorda, e não desistir é a chave do sucesso né! amei o blog ja to seguindo se puder da uma passadinha no meu também beijos http://prontofaleitoleve.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vinda Letícia!Adorei seu blog, e já estou lá! Beijos

      Excluir
  6. oi Carla!
    Perfeito!!!
    Adorei! Pura verdade! Estaremos em constante observação, pra nao colocarmos todo nosso esforço a perder!

    Bjo
    Lin

    ResponderExcluir
  7. Nossa!!! Que pressao que temos que viver neh!!!
    Dura verdade...
    Bjo
    E me segue tambem baby....

    ResponderExcluir
  8. ótimo texto! Mts de nós queremos emagrecer, mas não cuidamos do lado psicológico da coisa.
    Muitas vezes temos algum mecanismo interno inconsciente, algum ganho inconsciente em ficar gorda e não sabemos..
    obrigada pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada você Anne por participar do site! Desejo sucesso em sua R.A. Beijos...

      Excluir
  9. gostei muito do texto, com certeza irá me ajudar na minha longa caminhada da educação alimentar!
    sucesso com sua RA tbm.
    abraços

    ResponderExcluir
  10. http://diariodeumaadolescentegorda.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Faça parte do Emagrecendo Com A Cabeça. Siga-nos!