Receba as atualizações, novidades, lançamentos, dicas, artigos e muito mais! Inscreva seu e-mail:

07/05/2012

Não importam os MEIOS e sim os RESULTADOS?

 Vou iniciar esta segunda-feira sugerindo aqueles que desejam emagrecer, uma reflexão sobre uma reportagem noticiada ontem na TV Record, no jornal Record Espetacular:


“A dieta, que ainda não tem a aprovação do Conselho de Medicina, é altamente restritiva e a pessoa passa dez dias ingerindo apenas líquidos através de uma sonda. O resultado chama a atenção, mas esconde perigos para quem quer perder peso sem fazer esforço. Entenda na reportagem!”


http://rederecord.r7.com/video/dieta-da-noiva-promete-emagrecer-10-kg-em-dez-dias-e-gera-polemica-4fa73598b51afbdb3006404f/


Até quando?... Até onde?... pessoas em busca de eliminar peso vão focar apenas no RESULTADO – emagrecimento - sem se importar com os MEIOS de se alcançar este resultado, tão pouco com a saúde?


Olho para muitas das pessoas em busca de emagrecimento e penso: São Alices no País das Maravilhas... esperando, sair da cartola uma fórmula mágica que NÃO lhes exija ESFORÇOS ou qualquer outro tipo de MUDANÇAS em seus hábitos alimentares... Até quando?


Infelizmente, a maioria está aguardando por milagres e fórmulas mirabolantes que as leve a emagrecer e continuar levando uma vida sedentária e com uma alimentação nem um pouco saudável... Alices no País das Maravilhas...


Sinto muito em dizer, mas enquanto não se conscientizarem que para emagrecer é necessário fazer esforços SIM, vão permanecer acima do peso por muito tempo.


Emagrecer envolve a revisão, não apenas dos hábitos comportamentais, mas principalmente dos significados atribuídos à comida, do modo de pensar e se relacionar com o alimento, além da forma de lidar com os mais variados acontecimentos à sua volta, bem como suas próprias emoções. Em suma, é um processo complexo, que muitos querem simplificar custe o que custar, e neste caso, custa a própria saúde.


Outro detalhe da reportagem que chamou minha atenção, foi o custo financeiro do procedimento desta chamada "dieta da noiva” que as pessoas se disponibilizaram a pagar. A-b-sur-do, tudo para obter RESULTADOS imediatos...


A cada dia me convenço mais e mais, de que não há emagrecimento sem que tenham ocorrido mudanças internas. Presencio muita “empolgação” por parte das pessoas, em iniciar uma reeducação alimentar e vejo que poucos possuem “motivação verdadeira” para chegar aos objetivos. Não há remédios, cirurgias, chás, termogênicos, injeções, massagens e tudo mais que vemos por aí, que sustente um emagrecimento, pois podem até dar algum resultado, porém é pouco provável que será mantido a longo prazo.


Enfim, vale refletir sobre isso... Até quando? Até onde?


Abraços,


Psicóloga Clinica Carla Presutti
www.facebook.com/emagrecendocomacabeca

2 comentários:

  1. Oi carla!
    eu vi isso,achei um absurdooooooooooooooo
    loucuras da América... pior que jaja algum cirurgião retardado vai fazer isso virar moda no Brasil!

    tomara que as mulheres não caiam nessa!!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente sabemos que muitas não se importam com os MEIOS, estão focadas apenas em emagrecer e não querem nem saber da saúde... Beijos e obrigada por visitar o blog!

      Excluir

Faça parte do Emagrecendo Com A Cabeça. Siga-nos!