Receba as atualizações, novidades, lançamentos, dicas, artigos e muito mais! Inscreva seu e-mail:

26/02/2013

Mude seu conceito de saciedade



Você já parou para avaliar sua fome, seja antes, durante ou após uma refeição?
 
Observar as reações físicas do seu corpo, o seu estado emocional e os seus pensamentos ao alimentar-se lhe ajudará a avaliar se está com fome física ou fome emocional, bem como perceber se já  está satisfeito (a) e assim monitorar a quantidade a ser ingerida e analisar se há a verdadeira necessidade de se alimentar em determinado momento.

Provavelmente você em algum momento enquanto comia se pegou pensando na comida que ainda iria repetir, bem como na sobremesa que iria comer, sem ao menos prestar atenção se já estava fisicamente satisfeito (a). Este comportamento é muito comum e sabotador também, pois a tendência é exagerar na ingestão sem ao menos raciocinar se existe a necessidade fisiológica para isso.


Ao longo da vida aprendemos de modo distorcido diversos conceitos. Um deles por exemplo, é de que para se sentir satisfeito (a) é necessário “comer bem”, cuja preocupação implícita é não ficar com fome, além de garantir uma boa nutrição ao corpo. Vemos muito este comportamento por parte dos pais em relação à alimentação dos filhos. Salvo às crianças que realmente não se alimentam adequadamente e precisam de incentivo para “comer mais um pouquinho”, boa parte é levada a consumir mais alimento por conta das preocupações dos adultos de que podem adoecer. Daí a crença errônea de que criança gordinha é criança saudável. 

Mas, o que é comer bem? É a ingestão de grandes quantidades? Creio que não. Ao meu ver, comer bem é comer as quantidades de alimento que o organismo necessita, isto é, equilibrando todos os grupos alimentares ao longo do dia.

 
Por isso que ao iniciar sua reeducação alimentar sugiro que você mude seu conceito quando olhar para o seu prato e pensar que há pouco alimento nele. Não há pouco alimento e sim a quantidade necessária para o seu corpo continuar funcionando bem.

Se você comer devagar e se concentrando nas sensações físicas, emocionais e aos seus pensamentos, além de notar a textura, o sabor e o cheiro do alimento, certamente se saciará com uma quantidade “menor” de comida. Afinal, repete-se o prato e exagera-se na quantidade, em muitos casos, devido à ansiedade e falta de atenção.

Para finalizar, vou deixar aqui uma tarefa para que você aprenda a identificar a fome da vontade de comer e consequentemente controlar a ingestão alimentar:

Cartão de monitoramento da fome
(Autora Judith S. Beck)
Hora
O que sinto no estômago
Força da fome
0 a 10
Antes do café da manhã


No meio do café da manhã


Imediatamente após o café da manhã


20 (vinte) minutos após o café da manhã





Antes do almoço


No meio do almoço


Imediatamente após o almoço


20 (vinte) minutos após o almoço





Antes do jantar


No meio do jantar


Imediatamente após o jantar


20 (vinte) minutos após o jantar



Lembre-se:

Fome = Jejum por várias horas
Vontade de comer = Não é fome, é uma IDEIA de comer
Desejo incontrolável = Urgência emocional intensa de comer

Forte abraço,

Psicóloga Carla Presutti

Quer ajuda para EMAGRECER? Conheça o PROGRAMA “NÃO FAÇA DIETA. MUDE HÁBITOS”!


6 comentários:

  1. Dr. Carla conheço o trabalho da senhora e gosto muito, sou do grupo emagrecendo com a cabeça, só que com outro face... estava desmotivada, mas agora me motivei de novo...adoro a sua frase Não faça dieta mude hábitos.. obrigada por me seguir e pode puxar minha orelha também tá... bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito contente por isso! Não desista de você, minha linda! Beijão :D

      Excluir
  2. Obrigado Dra Carla de grande ajuda suas dicas como sempre rsrs, ma ajudam muito um beijão no seu coração amo vc <3

    ResponderExcluir
  3. Esse livro pense magro, que vc mencionou é maravilhoso, valeu pela dica...

    ResponderExcluir
  4. oi amiga querida...
    adorei este cartão de monitoramento de fome!!!!

    Saudades de papear com vc.. vou te adicionar no meu novo face...

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Dra. Carla, preciso de ajuda! fiz bariatrica ha 1 ano e 3 meses e eliminei 45 k. No inicio conseguia me controlar comer de 3 em 3 horas, mas agora, quando vai chegando à noite, fico doida, pra beliscar as coisas, doces, balas, frutas, o que tiver eu quero comer, uma compulsaão incontrolável, não estou conseguindo manter meu controle emocional. O que posso fazer para acabar com isso? tenho medo de voltar a engordar.

    ResponderExcluir

Faça parte do Emagrecendo Com A Cabeça. Siga-nos!